Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Casamento Anna & Edson - A semana do Noivo


Estamos de volta, depois de semanas de agitação, sonhos e descanso.

Contaremos tudo pra vocês sobre como foi o casamento, desde a semana que antecedeu o dia, os momentos da cerimônia e da festa, os fornecedores, a viagem para a Lua de Mel e outros detalhes. Vocês terão a visão da Anna e a minha. Claro que a dela será mais detalhada em certos pontos e a minha em outros, mas com certeza vocês irão se emocionar, se divertir e saber que, apesar de tudo, nós, principalmente eu, faríamos tudo de novo!!!

A SEMANA – NOIVO NEURÓTICO

Vou começar pela sexta-feira. Estava terminando um trabalho de um cliente, na Urca e pensando nas contas que tínhamos que pagar do casamento. Já estava tudo planejado. Pagamento de clientes, salários, etc... Até que toca o telefone! Oba! Vai falar que já esta creditado na conta... Um minuto de silencio... “Só poderemos fazer o seu credito no fim de outubro! Tem algum problema?!?”. PQP!!! A vontade era xingar, xingar e xingar. Mas tive que manter a classe porque estava diante de outro cliente. Só veio aquele pensamento: FUDEU!!! O que vou dizer para a Anna? Ela iria me encontrar mais tarde na Urca e queria saber se estava tudo OK. Dessa vez não teria como deixar ela fora da situação. Mas tarde, ela chegou, conversou com o Canosa, que havia trabalhado com ela na exposição sobre Villa-Lobos, e com o sócio dele. Depois fomos embora. Naquele mesmo instante, contei o que havia acontecido e me deu o primeiro ataque de nervosismo, chorando sem parar. Jurava que ela iria ter a mesma reação, mas pelo contrário, ela me acalmava e tentava buscar uma solução. Aí consegui me controlar um pouco.

No dia seguinte, tínhamos o ensaio no Bosque da Barra. Não tinha como desmarcar, mas estávamos péssimos. Não sei como conseguimos posar para as fotos pensando como iríamos fazer para pagar o que ainda faltava. Mas graças a Deus deu tudo certo! Ariane, a fotografa, nos deixou super a vontade e conseguiu captar imagens maravilhosas. À tarde, tinha o casamento da Aline, na Casa de Santa Teresa e falei para a Anna que não estava em condições de ir, ainda estava mal. Mas desisti da idéia, porque ela estava triste e não queria ir sozinha. Ainda bem que eu fui. Encontrei a Jackie, que sempre passa uma energia superpositiva.  Sempre quando estamos perto dela, sentimos muitas coisas boas no ar! Parece que é um anjo. Não, ela é um anjo! Isso foi me tranqüilizando.Me diverti muito e fiquei muito feliz por ver mais um casal de amigos casando naquele lugar maravilhoso.

Segunda ainda tinha o casamento da Mi, também lá em Santa Teresa, mas outros clientes estavam agitados por causa da campanha política e não consegui ir no casamento, mas a Anna me disse que foi perfeito!!! Pelo menos, os créditos começaram a cair na conta e assim fomos pagando tudo. Buffet e casa já estavam resolvidas. Sai correndo e fui para a casa da decoradora. No meio do caminho, ainda tive que descer do ônibus para ir de táxi (e que bendito táxi, que apareceu do nada no meio do nada, na Grajaú-Jacarepagua). Consegui chegar a tempo para dar a grana (finalmente 98% pago do casamento) e ainda fui fechar os prossecos na Cadeg. De lá fui no Centro, encontrei com a Anna para comprar algumas coisas que faltavam para o casamento. De lá ela foi fazer unhas e cabelo e eu, cheio de compras nas mãos, fui para o aeroporto pegar minha irmã, que estava chegando da Bahia. Já estava imaginando o dinheiro que iria gastar com o hotel, mas minha irmã (a melhor) disse que poderia ficar na casa de alguém para não ter despesas. Ufa!!! A prima da Anna já tinha dito que ela poderia ficar lá e foi um imenso alívio para mim e para o meu bolso. Mas no meio do caminho, lembrei que não tinha pegado a minha roupa do casamento. Lá vou eu correndo do Galeão para o Rio Sul pegar a minha roupa. O três, (minha irmã, meu sobrinho e eu) passeando no shopping com malas e bolsas. Nossa, que comédia!!! Aproveitei e passei na casa do Rodrigo, um dos padrinhos, e peguei as alianças que tinha deixado lá, em Ipanema. Com as alianças na mão, minha roupa, minha irmã e sobrinho, fomos para casa. Isso tudo de táxi (vocês não imaginam quanto gastei de táxi na sexta. Dava para pagar mais uma caixa de prosseco). Cheguei por volta das 22:30. Acham que iria descansar... Nada!!! Fomos arrumar as últimas coisas para o casamento e lua de mel. Queria descansar, porque tinha que ir buscar a minha mãe bem cedo no dia seguinte, mas não deu. Tinha marcado com o tio da Anna para irmos lá cedo, por volta das 6hs da manhã. E olha que Anna e eu dormimos às 3:30 e conseguimos acordar às 5:30. Ainda fiquei ajudando ela nos últimos detalhes. O táxi (amigo que fiz no dia anterior e marquei para ele pegar a Anna) chegou às 6:30 e levou elas para o hotel. Eu sai com o tio da Anna por volta das 8hs (???) para pegar minha mãe. E ainda teria que ir em Caxias para pegar a roupa dela, junto com meu afilhado e minha comadre. E ainda tinha um grande problema: tinha que pegar os chocolates na Tijuca e levar para a casa para a Lanna decorar. Pedi para um dos padrinhos, Darwen, passar lá e pegar os chocolates e levar para a Casa. Ele disse que sim. Fiquei aliviado!!! Pessoal, não façam nada no dia!!! Fiz isso tudo e deixei minha mãe com a minha irmã por volta de meio dia. Minha irmã olhou para mim e disse: “Não vai cortar o cabelo?!?”. Não acredito, esqueci de cortar o cabelo. E ainda tinha que ir na produtora imprimir algumas coisas para o casamento. Não acredito mesmo!!! E tinha marcado com dois amigos, Vinícius e Walcyr, para nos arrumarmos em Santa Teresa e eles já estavam preocupados que eu não chegava na produtora (tinha marcado com eles 10hs). Cheguei na produtora às 13hs, louco, desesperado, neurótico... Para ajudar, a impressora não funcionava, o PC travava (eu mereço!!!) e quase não consegui fazer tudo que queria. Fazendo o possível, olhei para trás e o que eu vejo?!? As sandálias que iríamos distribuir na festa. Um saco pesado da porra que teria que carregar até o salão onde iria fazer cabelo e barba. E Lanna me ligando querendo saber das impressões. E eu dizendo que já estava indo... Já estava a ponto de explodir. O que piorou foi quando cheguei no César, o cara que corta meu cabelo, pedindo pelo amor de Deus para ele cortar meu cabelo que só tinha duas horas para o meu casamento e ele: “Tem duas pessoas na tua frente”. Pronto, meu mundo caiu!!! Dei uma de Maysa!!! A sorte que uma delas deixou eu passar na frente e a outra que meus amigos me acalmavam direto, dizendo que tudo iria dar certo. Outra coisa boa que o César é muito rápido no corte e ele acabou o primeiro em meia hora, coisa que outro levaria um tempão!!! Mas para não atrasar mais, mandei os dois irem na frente, com as sandálias, os impressos e minha roupa, que eu iria depois, logo que estivesse pronto. Era só chegar, tomar banho e vestir a roupa. Meia hora depois, estava de cabelo cortado, barba pronta e sobrancelhas feitas (isso mesmo, ele ainda fez as minhas sobrancelhas). Olhei o relógio, 14:50. Bem, tem um ponto de táxi que fica cheio aqui... Uê, cadê os táxis?!? Não tinha nenhum no ponto. Fui pegar outro. Sinal!!! Nada de parar... Outro, cheio... Mais um, passou direto... Meu Deus, cadê um vazio... Relógio: 15:15... Fui para o outro lado da rua, vi um vazio. Já sai entrando e dizendo: “Motorista, dá uma de Ayrton Senna, que hoje é meu casamento e eu estou atrasado. Falta 1 hora para a cerimônia!!!”. E lá foi o coitado, cortando Deus e o mundo, saindo da Taquara, rumo a Santa Teresa. Achei que já tivesse aliviado. Toca meu telefone. Lanna... “Edson, cadê os chocolates?!? A mesa está vazia e daqui a pouco os convidados estão chegando!!!”. Não, é muito para um pobre coração!!! Cadê o Darwen? Aquele puto comeu todos os chocolates?!? E vou eu, já ficando puto, ligar para o meu padrinho... “Darwen, o que você esta fazendo em casa? Cadê os chocolates? A decoradora esta esperando!!!”. O puto tinha ido para Jacarepaguá pegar a roupa dele com os chocolates. Eu juro que surtei nessa hora. A vontade era pular no pescoço dele. Mas eu ia casar. Tinha que ficar relaxado para a cerimônia e festa. Mas como?!? As coisas sempre têm que ser assim, eletrizantes, tudo pra última hora, para matar qualquer um do coração!!! “Vamos por onde?”, falou o taxista. Pela Lapa. Toca do telefone. Juliana, a fotógrafa: “Edson, não sobe pela Lapa, que a Anna esta fazendo fotos na rua”. Muda o destino: vamos pelo Catumbi. O cara não sabia ir por lá. Então, vamos por Laranjeiras, Rua Alice. Pedi para, quando chegasse na casa, me levar direto para um reservado. Juro que não queria ver ninguém. Fui tomar banho chorando, deixando a água fria cair no corpo e só pedindo a Papai do Céu para que tudo desse certo. Queria ser feliz naquele dia junto com a pessoa que mais amo!!! Merecíamos felicidade, paz e amor. Era tudo que eu pedia naquele instante. Acho que Ele ouviu as minhas preces. E o resto, vocês foram testemunhas...

8 comentários:

Dri Grecco disse...

Nossa, fiquei tonta! Agora entendi o motivos, aliás, os motivosss do atraso do noivo pro making of! :)
Que bom que no final deu tudo certo!
Voces são muito especiais!
Beijos, Dri (Macuca)

Monique disse...

e dizem que só as mulheres que são neuróticas, principalmente as noivas.
é afilhado, vc provou que isto não é verdade.
o bom é que no fim tudo foi lindo, maravilhoso e melhor... vcs casados, lindos e emocionados.
lágrimas, sempre serão bem vidas, mas agora as de felicidade como aquelas suas e da anna durante a cerimônia.

bjs afilhados:]

Jackeline Mota disse...

Caramba, amigo, foi uma maratona né? MAs saiu tudo lindo, perfeito, emocionante. Vcs são um casal f**a, demais! Fiquei feliz demais de conhece-los, de participar desse sonho lindo que vcs construiram, que vcs tanto batalharam pra ter. Me alegro mt com vcs! Mt! Noivos de snata pra sempre =)
bjs,

Nina disse...

Nossa, foi uma semana sinistra e um dia de enlouquecer qualquer um ... Graças à Deus deu tudo certo e foi tudo lindo, mas vc foi um guerreiro mesmo! Parabéns pelo casamento! Desejo toda felicidade do mundooo pro casal tão apaixonado. Fortes emoções servem para nos recordarmos com carinho e humor de momentos especias.
Beijos

Anna Deise Lopes disse...

Amor, quem foi que disse que ia ser fácil? Eu te disse que no fim tudo daria certo. Você é o cara mais especial que conheci na vida. Eu tenho mesmo mt sorte de ter você ao meu lado!!!
Lembra quando vc disse que esse sonho era seu tb? Viu, realizamos nosso sonho. Nossa história está apenas começando.
TE AMO!

Tatiane Dias disse...

Nossa.... não conheço o casal. Mas chorei ao ler o relato.

Imagino o noivo chorando sozinho no banho!!!

Mas tudo deu certo !

Mariana disse...

caraca!!! amei ler a versao do noivo!!! coitado, esse queria casar mesmo!!!!

Lanna Correa disse...

Nossa, que correria! Desculpe ter concorrido para esse resultado! rsrs Mas um bom conselho é para não deixarem nada para cima da hora, nada de importante para fazer no dia D!! É um dia de festa, de relaxamento! Peça aos fornecedores para entregar tudo no local e não se responsabilize por isso, para os noivos, simplesmente não dá para assumir tantas responsabilidades!
O negócio é relaxar e curtir!
bjks

Simply Fabulous Blogger Templates