Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Casamento Anna & Edson - A Cerimônia (Continuação sob a visão do noivo)

Nós e o Pastor Edson

Oi pessoal, como contei no post anterior com a correria toda, fiquei pronto em cima da hora e esqueci do meu make off. O Thiagão (Macuca) e o Raphael David (Juliana Pessoa), quando me viram, correram para fazer as algumas imagens. Acredito que tenham conseguido. Desculpa, pessoal!!!
Nessa mesma correria, esqueci o cinto da calça. Darwen, que chegou naquele instante com os chocolates, me emprestou o dele. Só que ele esqueceu que eu emagreci 13 kg e o cinto dele dava mil voltas em mim. Sorte que o Raphael (fotógrafo) me emprestou o dele. Valeu Rapha!!!
Pedi para o Fernando, do buffet, que me desse uma caipirinha para relaxar. Perfeito!!! Assim fiquei pronto para a cerimônia. Dei uma volta vi grandes amigos e minha família, e como estava a decoração (essa merece um post especial). Quando a maioria dos convidados já estava presente e a noiva estava a caminho, fui fazer os últimos preparativos. Áureo, que fez a maquiagem e o cabelo da Anna (também merece um post especial), me chamou para fazer umas pequenas correções rsrs. No instante que ele estava comigo, chega a informação de que duas madrinhas não estavam presentes. A Nina, esposa do Darwen (lembra, o padrinho que sumiu com os chocolates), não tinha com quem deixar o filho, que estava doente, e achou melhor cuidar dele, com toda razão!!! A minha tia, que seria madrinha, teve um problema intestinal e também ficou impossibilitada de ir. O que fazer nessa hora? Tirar dois padrinhos? Achei injustiça. O melhor seria arrumar duas madrinhas naquela hora. Foi assim que fiz. Fui diretamente para a minha irmã. Mas ela estava com um vestido curto, destoando das outras madrinhas. Ela acha que ainda é cocota, usando vestidos curtos.... rs. Pensei naquele instante que não poderia ser qualquer uma, mas todas as mulheres que estavam ali eram pessoas especiais. Logo de cara, encontrei a Michele, namorada do meu cunhado. Estava de longo e a cor não batia com as cores que as demais madrinhas estavam. Chamei para ser madrinha, que aceitou de imediato. Faltava uma para entrar com o Fred. Nada mais justo chamar a esposa dele, Bel, que por sinal estava linda no vestido estampado, num tom verde claro. Ela até que resistiu, mas logo aceitou o convite também. Pronto! Tudo resolvido. Voltei para me maquiar e em poucos minutos estava pronto.
Formamos o cortejo. Eu iria entrar primeiro com a minha mãe, na cadeira de roda. Sinceramente, estava emocionado por ela estar lá do meu lado, mas triste, porque ela não enxerga e nem anda e queria muito que visse como o filho dela estava bonito e feliz por estar casando com a pessoa que ele ama. Só que o instinto materno sente as coisas e eu olhava para ela e sentia a felicidade dentro dela. Esquisito isso!!! Quando os Violinos de Veneza tocaram os primeiros acordes, era a minha hora de entrar. Juro que parecia uma eternidade. O caminho que percorri parecia do Posto 8 em Ipanema até o 12 no Leblon. Minha mãe, coitada, querendo conversar e eu dizendo que a cerimônia já estava começando. Quando me posicionei e virei para ver os padrinhos entrando, o coração começou a bater mais forte. Entrou o primeiro casal, e eu comecei a chorar. Passou um filme muito rápido pela minha cabeça. Tudo que passei até esse grande momento: a amizade, a luta para sempre conquistar o meu espaço, o início do namoro, os bons momentos, o noivado... Tudo passou naquele instante. Os padrinhos foram entrando um a um, e eu querendo que eles entrassem mais rápido, mas em alguns instantes, que diminuísse os passos, porque saberia que, quando entrasse o último, seria a vez da Anna e que eu não iria resistir.



Dito e feito. Entrou o último casal de padrinhos, fez aquele silêncio e todos olharam para trás. Quando tocou a música dela, que ela surgiu com o padrinho dela ao lado, não resisti: comecei a chorar que nem criança. Nossa, ela estava linda demais!!! Eu estava mais apaixonado ainda. Juro, pessoal, minha perna bambeou. Pensei que não iria conseguir ficar de pé. E ela vinha como uma princesa, quando, de repente, alguém jogou arroz nela. Uê, não é na saída?!? Ela com classe olhou para o lado, meio séria, mas mantendo a pose, e continuou na minha direção. E eu, enxugando as légrimas, com o papel que a Lu tinha me dado. Quando falei com o Seu Carlinhos (padrinho dela), virei para ela e disse como ela estava bonita. E que sorriso irradiante estava ainda maias lindo. Eu fiquei hipnotizado! Nos viramos e o Pastor Edson começou a cerimônia.
Posso dizer que escolhemos a dedo o celebrante para o nosso casamento e que o Pastor Edson foi uma das escolhas mais prazerosas que tivemos. A cerimônia foi tudo de bom. As palavras, a serenidade na sua voz e as suas citações, com referências de músicas que falam de amor. Foi a coisa mais linda que eu já vi num casamento. As pessoas se emocionavam.
Depois de tantas palavras bonitas, veio a hora dos votos. Nem falo que esqueci os votos no escritório (depois eu li pessoalmente para a noiva) e tive que improvisar na hora. Acho até melhor, que a gente fala do coração, expressa tudo que a gente sente pela pessoa amada. Creio que saiu tudo ok. Mas a maior emoção foi quando ela leu os votos. É normal um noivo chorar tanto no seu casamento? Eu não parava... E ela também começou a chorar nesse momento...Eu amei o que ela escreveu. PERFEITO!

Depois a Paty e Wallace, nossos padrinhos, leram um texto que eles fizeram sobre o casamento e a nossa amizade. (Vai merece post exclusivo também).
Queria muito repetir tudo de novo. É tão bom casar com a pessoa q você ama e ter como padrinhos pessoas que torcem por nós!!!

8 comentários:

Anna Deise Lopes disse...

Amor, eu te amooooo!

Paulline Martins disse...

Edson! Tananan Edson! Tananan
Nossaaa, que sufoco!
Se te conforta, para nós, pobres mortais convidados, tudo parecia sob a mais perfeita ordem. Tudo lindo, dos grandes aos pequenos detalhes.
O problema agora é outro...
TAMBÉM QUERO CASAAAAR! haha

Beijos!

Blog da lidy disse...

Bom dia! Gente as fotos estão lindas, o casamento foi muito bem feito, organizado, divertido e muuuuuuuito lindo. Adorei tudo! Até levei as flores pra casa, hahahha!

Beautifil Friends disse...

Afilhados..
Vcs arrasaram muito no casamento.
Estava tudo mmuito lindo.
Estou mega ansioso para ver as fotos.
Edson, obrigado pelas palavras que vc me disse...vc é demais...Desculpa por qqm coisa que aconteceu no passado, já disse a você que foi nessa situação que aprendi a não julgar as pessoas somente a primeira vista, temos que conhecer realmente...Não me perdoaria se eu deixasse passar vc do meu ciclo de amizade. Você é um dos caras que mais admiro, pela força de vontade, coragem e por ser tão meu amigo e saiba que é muito reciproco o que temos.
Amo vc meu amigo-afilhado.

Anna...amo vc amiga...quero muito que seja feliz, vc merece tudo o que está acontecendo na sua vida. Batalhadora, linda, sempre correu atrás do que queria e sempre conseguiu. Minha pretinha básica...

Amo vcs...Felicidades...e contem sempre comigo...
Obrigado por me escolher como padrinho, vcs não sabem o quanto eu fiquei feliz e orgulhoso de ter como afilhados pessoas maravilhosas e amigas...
Amo vcs!
Bjos e abraços
Vinicius Borja

Babi disse...

Tenho que falar que estes foi o relato mais real de casório que já li em blog nna minah vida. Pelo dinheiro que não saiu, pelo corre corre do noivo (tadinho!), pelo convidado jogando arroz (oi?). Obrigada pelo relato que me faz parecer a pessoa normal rss. Achei que só eu chegaria no dia falando que nada daria tempo. que alguma coisa não saiu como o planejado. que o dindin apertou....O principal foi a sinceridade em relatar que houveram erros sim, mas que quando vocês se viram no altar, os olhares se cruzaram, tudo pareceu tão pequeno, tão insignificante perto de tudo que vcs realizaram até aquele grande dia. Obrigada pelos dois pela sicneridade, humildade e honestidade da correria e do nervosismo. Amei!!!Aqui é a Bárbara que encontrou co mvcs no ape da Macuca no niver do Raul. stive la no dia do casori ode vcs para ver o DJ. Estava tudo realmente lindo! Parabéns pela trajetória percorrida e a percorrer!

Aline Sanromã disse...

Lindossssssss!!!!! Que esse amor seja aina mais abençoado pelo papai do céu!!!! Bjs bjs

Nessa =) disse...

Nossa Me emocionei demais nessa post, espero que essa magia esteja para todo o sempre na vida de vocês.
Felicidades miiillll

Laura disse...

Adorei o relato do noivo!!! Lindo!
Me emocionei lendo! Mtas felicidades pra vc... Em dezembro é minha vez! ;-)

Simply Fabulous Blogger Templates